Tecendo a Rede Favela Sustentável 2018
985
post-template-default,single,single-post,postid-985,single-format-video,theme-stockholm,qode-social-login-1.1.3,qode-restaurant-1.1.1,stockholm-core-1.2.1,woocommerce-no-js,select-theme-ver-5.2.1,ajax_fade,page_not_loaded,popup-menu-fade,header_top_hide_on_mobile,wpb-js-composer js-comp-ver-6.1,vc_responsive

Tecendo a Rede Favela Sustentável 2018

For the English ‘Weaving the Sustainable Favela Network’ click here: http://bit.ly/weavingSFN. Há um movimento latente de sustentabilidade e resiliência nas favelas cariocas, a questão é reconhecer, fortalecer e catalisar este movimento. Desde 2000, a Comunidades Catalisadoras (ComCat) apoia iniciativas comunitárias nas favelas do Rio. Em 2012 lançamos o filme Favela Como Modelo Sustentável http://bit.ly/FavelaModelo, e em 2017 mapeamos mais de 100 iniciativas de sustentabilidade e resiliência socioambiental em favelas do Grande Rio http://bit.ly/RFSMapa. Agora lançamos a Rede Favela Sustentável para fortalecer as iniciativas de base socioambiental nas favelas, gerar trocas de conhecimento, capacitações, parcerias e recursos. Dando início as atividades da Rede, em setembro e outubro de 2018 realizamos intercâmbios entre oito dos projetos mais estabelecidos da Rede. Conheça, neste vídeo, a ONG Onda Verde em Nova Iguaçu, o Verdejar no Engenho da Rainha, Ecco Vida em Honório Gurgel, ReciclAção no Morro dos Prazeres, Cooperativa Vale Encantado no Alto da Boa Vista, Alfazendo na Cidade de Deus, Quilombo do Camorim, e Ecomuseu de Sepetiba. Leia perfis destes e outros projetos da Rede aqui: http://bit.ly/FavelasSustentaveis. Faça parte deste diálogo: http://facebook.com/favelasustentavel e http://twitter.com/sustentafavela. E receba nossas notícias por email: http://comcat.org/boletim/.